Postado em 07 de Fevereiro de 2017 às 08h45

EVITE AS DORES NO JOELHO – FIQUE ATENTO AOS DETALHES!

Musculação (4)
Academia Corpo e Forma A razão de força entre agonista e antagonista fornece informação significativa sobre o equilíbrio muscular desta articulação, sendo fator importante na...

A razão de força entre agonista e antagonista fornece informação significativa sobre o equilíbrio muscular desta articulação, sendo fator importante na detecção de alterações musculoesqueléticas, na orientação de medidas preventivas e na implementação de programas de treinamento específicos, em indivíduos com desequilíbrios entre agonistas e antagonistas maiores que 10%, o risco de lesão é três a 20 vezes maior do que em indivíduos sem desequilíbrios (AMÉRICO et al.,2011).


Ainda, outro fator relacionado ao aumento da sobrecarga nas estruturas musculotendíneas da articulação do joelho pode ser o aumento da intensidade e do volume de treinamento (BITTENCOURT et al., 2005).

Compreende-se que os músculos quadríceps e isquiotibiais da coxa, bem como os gastrocnêmios e sóleo da perna são estabilizadores dinâmicos do joelho. Se estiverem alongados e devidamente fortalecidos auxiliarão a estabilizar a articulação durante os movimentos como chute, arrancadas, rotações, flexão e extensão.


A articulação do joelho é denominada atualmente como um complexo articular do joelho por ser composta por três articulações, a suscetibilidade a lesões é grande pela sua instabilidade estrutural, movimentos rotacionais devem ser evitados, prestar atenção na pisada também ajuda, aliviar a carga excessiva sobre as pontas dos pés e transferir para os calcanhares também é uma maneira de evitar possíveis desconfortos.


Ao sentir qualquer tipo de dor ou desconfortos pertinentes logo após seus treinos, em momentos de repouso no dia seguinte, comunique seu professor (a) para que se tome as devidas providencias para prevenir maiores complicações.

Veja também

Massa muscular e a balança31/01/17 Um detalhe que confunde bastante as pessoas, especialmente as mulheres, é o fato do ganho da massa muscular não permitir uma grande perda de peso na balança. “Como a massa muscular é mais densa, ou seja, pesa mais do que a gordura, pode não haver grande perda de peso pela substituição”, explica Roberto Ranzini. Portanto, nesses casos, a pessoa em......
Método de Treinamento de Circuito na Musculação04/10/16 MÉTODO DE TREINO EM CIRCUITO NA MUSCULAÇÃO Entende-se que no treinamento resistido com pesos existem dois tipos de estímulos sendo eles de caráter metabólico ou tensional. O método circuito se caracteriza......

Voltar para Blog